Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Com alta nas vendas, arrecadação de ICMS no RN cresce 21% em maio
15/06/2022 06:33 em Novidades

O faturamento das empresas do Rio Grande do Norte registrou o segundo melhor resultado do ano em maio. As vendas de mercadorias e produtos totalizaram um montante de R$ 12,2 bilhões para essas organizações no quinto mês de 2022, número que é semelhante – 1% maior - ao do mês anterior, quando o volume foi de R$ 12,1 bilhões. Esse desempenho comercial representa um crescimento de 27% em relação ao volume negociado em igual mês do ano passado, com R$ 9,6 bilhões. Essa movimentação econômica resultou em uma arrecadação de R$ 602 milhões em ICMS para os cofres do Estado, no mês passado, o que representa um crescimento de 21% ante o arrecadado em igual período de 2021. No comparativo com o mês de abril, quando o volume recolhido foi de R$ 568 milhões, houve aumento de 5,98%. O imposto incide sobre a circulação de mercadorias e sobre a prestação de serviços, como transporte interestadual e intermunicipal e comunicação, e constitui a principal fonte de receita própria do RN e, do montante arrecadado com esse imposto, 25% são repassados aos municípios potiguares. 

 
O boletim explica ainda que o volume de R$ 602 milhões não inclui um repasse extraordinário de R$ 51,1 milhões, efetuado no último dia de maio de forma antecipada pela Petrobras. Receita que só passa a ser efetivamente devida neste mês de junho. Incluindo esse valor, a soma vai a R$ 653, 4 milhões. 
 
Com o incremento no recolhimento do ICMS, que, junto com o IPVA (+29% em maio) e o ITCD, compõe as receitas próprias do Tesouro Estadual, a arrecadação total do Rio Grande do Norte ficou em R$ 680 milhões - R$ 59 milhões a mais que em abril (+9,5%). Em comparação com maio do ano passado, esse resultado representa uma alta de 22,30% e um crescimento nominal de R$ 124 milhões. O desempenho da arrecadação, no mês passado, é o segundo melhor da série histórica dos treze meses, ficando abaixo apenas do mês de novembro de 2021.
 
Os dados integram a 31ª edição do Boletim de Atividades Econômicas do RN, informativo elaborado pela Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) que traz os principais indicadores econômicos do Rio Grande do Norte em maio.
COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE