Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
ABC faz mais um jogo ruim em casa; time contabiliza 24 pontos
12/07/2022 05:52 em Novidades

O ABC empatou com o Manaus, em 0 a 0, na noite desta segunda-feira (11), no Frasqueirão. A partida foi válida pela Série C do Campeonato Brasileiro. O clube potiguar foi para 24 pontos e ocupa provisoriamente a terceira colocação. O Alvinegro foi para campo com modificações no time titular. Na defesa, Richardson sentiu problemas musculares e foi poupado pelo técnico Fernando Marchiori. Allan Uchoa ganhou uma chance no time de cima. No meio de campo e ataque o time abecedista montou um esquema ofensivo. Wallyson, Fábio Lima, Gustavo França e Henan formaram a artilharia ofensiva do time potiguar.O jogo começou com o protesto dos jogadores em relação a proposta de alteração da Lei do Esporte. Na visão dos atletas, as mudanças retiram direitos trabalhistas dos profissionais. Com bola rolando a velocidade foi a tônica dos primeiros minutos. Com dois minutos uma chances para cada lado e ambos pelo lado esquerdo dos ataques. Pelo ABC, Fábio Lima ameaçou e quase marca. Pelo Manaus Renanzinho fez grande jogada e rolou para o chute perigoso de Rayne.O ABC que começou em cima foi perdendo força ao longo do jogo. O time tinha dificuldades na criação e esbarrava na boa marcação do time manauara. Com Wallyson isolado na esquerda e sem ninguém para criar, o Alvinegro parecia sem ninguém para “pensar” o jogo na meia. Com esse comportamento do time potiguar, os visitantes se acomodaram na partida e passaram a administrar o tempo com a posse de bola. Nas arquibancadas a torcida, que acabou chegando muito depois do início da partida e ainda teve que encarar longas filas para entrar, tentava empurrar a equipe em campo. Apenas aos 38 minutos o ABC voltou a ameaçar de verdade. Marcos Vinícius recebeu pela direita, cruzou bem e Fábio Lima desviou. A bola passou sobre o gol de Matheus. No entanto foi pouco para o time da casa abrir o marcador e o jogo foi para o intervalo no 0 a 0. O ABC voltou para a segunda etapa do jogo sem alterações na equipe. No time do Manaus, João Brigatti, que até pouco tempo comandava o América, trocou Rogério, que já havia recebido o cartão amarelo e colocou Denoni para jogar.Apesar de não mexer no time, Marchiori mudou taticamente. Wallyson passou a ocupar mais a faixa central e Fábio Lima ficou enfiado na ponta esquerda. Sem resultados práticos, Marchiori perdeu a paciência logo aos 18 minutos e as mudanças desagradaram a torcida. O técnico tirou Walyson, Walfrido e Henan. Foram para campo Giovani, Varão e Jefinho. Das arquibancadas veio o famoso coro de “burro, burro”! O time abecedista foi para a pressão, no entanto, a desorganização ditou o ritmo e a inspiração, que ainda não tinha aparecido, sumiu de vez. Na base do abafa, o Alvinegro até ameaçou nas jogadas de bola parada, mas a medida que o tempo passava a irritação da torcida aumentava.O time abecedista ainda mudou mais duas vezes, mas nada mudou em termos de aproveitamento ofensivo do time, que finalizou apenas 5 vezes e cruzou 24 bolas para área sem que nenhuma cabeçada em direção ao gol do rival fosse acertada. Final 0 a 0.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE