Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Açude de Santa Cruz do Trairi atinge 100% de sua capacidade e sangra pela primeira vez desde 2011
12/07/2022 06:07 em Novidades

O açude de Santa Cruz do Trairi, no interior do Rio Grande do Norte, atingiu sua capacidade máxima e começou a sangrar devido às constantes chuvas que acontecem, principalmente, no litoral e região agreste do estado. As informações são do Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta segunda-feira (11) pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn). O reservatório tem capacidade para 5.158.750 m³ e não sangrava desde 2011. No relatório do dia 4 de julho, o volume de água total correspondia a 75,62% da sua capacidade. Os demais reservatórios não apresentam aumento significativo quando comparadas ao do Trairi. Açudes de Inharé e Poço Branco, além das barragens de Tabatinga, localizada em Macaíba; Armando Ribeiro Gonçalves, maior manancial de água do estado, e Santa Cruz do Apodi, segundo maior, também foram analisados. Atualmente, as reservas hídricas superficiais do RN acumulam, percentualmente, cerca de 54,82% de suas capacidades totais. 

A situação das lagoas 

A lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da zona norte da capital, está com seu volume máximo, que é de 11.019.525 m³. Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 50,8% da sua capacidade total. A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, permanece cheia com 11.074.800 m³, que correspondem a 100% da sua capacidade.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE